Petição para Proteção da Gruta “Pinagrealan” nas Filipinas

Petição para Proteção da Gruta “Pinagrealan” nas Filipinas

Noticias

A AESDA – Associação de Estudos Subterrâneos e Defesa do Ambiente, recebeu um apelo com uma petição para salvar uma gruta protegida nas Filipinas que está ameaçada pela operação de extração de uma pedreira. Apresentamos, de seguida, um excerto com uma breve explicação:

O nome da gruta é Pinagrealan. Está localizada na Ilha de Luzon (a mesma ilha onde fica Manila), na província de Bulacan. Em vários momentos da história, Pinagrealan foi o lar de vários fundadores das Filipinas, incluindo Andrés Bonifacio y de Castro, Movimento “Katipunan” (que tentava libertar as Filipinas do domínio espanhol), o General Emilio Aguinaldo e o Exército Imperial Japonês (Guerra Mundial II). Além de sua importância histórica, o local é um local de biodiversidade da vida selvagem, com várias espécies de morcegos, répteis e pássaros endémicos e ameaçados de extinção que usam a gruta como abrigo.

A gruta está situada sob um maciço calcário (agora reduzido a metade do seu tamanho). Esta pedreira tem estado sujeita a ordens de paragem há mais de 70 anos mas, de alguma forma – seja por corrupção ou negligência grosseira – a empresa de extração mineira ainda continua as operações. A empresa está situada a apenas 30 a 60 metros da entrada da caverna – e entre 9 a 30 metros acima dela. Escusado será dizer que a explosão da pedreira a céu aberto provoca vibrações na gruta e bem como nos edifícios residenciais circundantes.

Apelamos a que preencham a seguinte petição por forma a dar força ao movimento para a proteção da gruta:

http://www.heritageprotection.org/petition/

 

Declaração de Apoio ao Documento “Valorização da Carreira de Vigilante da Natureza”

Declaração de Apoio ao Documento “Valorização da Carreira de Vigilante da Natureza”

Noticias

A AESDA – Associação de Estudos Subterrâneos e Defesa do Ambiente, conhecedora do documento “Valorização da carreira de Vigilante da Natureza” deseja, através do presente manifesto, comunicar o seu apoio às legítimas reivindicações dos Vigilantes da Natureza, reconhecendo que estes profissionais são imprescindíveis para a proteção do nosso património natural e apelando ao Governo para que sejam instituídos os mecanismos técnicos, financeiros e jurídicos que garantam a valorização da profissão.

Mais se informa que disponibilizamos em Links/Documentos Externos o documento referido em epígrafe.

Assembleia Geral 2021

Assembleia Geral 2021

Noticias

Convocam-se todos os associados da AESDA – Associação de Estudos Subterrâneos e Defesa do Ambiente para a Assembleia Geral ordinária a realizar no sábado dia 26 de Dezembro do ano 2020, pelas 21:30 horas, que irá realizar-se por teleconferência, atendendo à atual situação pandémica. O sufrágio será conduzido recorrendo a plataforma digital para o efeito concebida. As necessárias ligações serão oportunamente divulgadas aos associados.

Ordem de Trabalhos

  1.  – Apresentação do Relatório de Atividades referente ao ano 2020;
  2.  – Apresentação do Relatório de Contas referente ano 2020;
  3.  – Apresentação do Relatório do Conselho Fiscal referente ao ano 2020;
  4. – Eleição dos Corpos Gerentes para o biénio 2021/2022;
  5. – Apresentação, discussão e votação do Plano de Atividades para o ano 2021;
  6. – Discussão de propostas de alterações aos Regulamentos Internos e Estatutos da AESDA;
  7. – Discussão de outros assuntos relevantes.

O Presidente da Mesa da Assembleia Geral – Frederico José Tátá dos Anjos Regala