Expedição Espeleológica em Moçambique

Expedição Espeleológica em Moçambique

A convite da coordenadora do (PPP) PaleoPrimateProject Gorongosa, Doutora Susana Carvalho (Universidade de Oxford), e do Parque Nacional da Gorongosa (PNG), uma equipa de três elementos da AESDA promoveu uma proveitosa expedição espeleológica na região calcária do Planalto de Cheringoma, em Julho e Agosto de 2016. O referido Projecto, de cariz pluridisciplinar, conta com uma extensa equipa internacional de investigadores e destina-se fundamentalmente ao estudo dos primatas e da evolução humana. É financiado pela National Geographic Society e pelo John Fell Fund, Oxford, contando ainda com o apoio do Gorongosa Restoration Project.

Os trabalhos espeleológicos incluíram prospecções aéreas e no terreno, inventariação de diversas grutas, a grande maioria das quais até aqui desconhecidas, exploração subterrânea, topografia e averiguação de potencial arqueológico ou paleontológico das cavidades, cujos resultados serão divulgados oportunamente. Adicionalmente, através de colaboração com os investigadores ligados ao Parque, a acção espeleológica saldou-se com a descoberta de duas importantes colónias de morcegos e de uma espécie de morcego carnívoro nova para o PNG. As acções desenvolvidas foram acompanhadas e registadas por uma equipa da National Geographic (NG) que se encontra a produzir uma série de documentários subordinados ao PNG.

Os associados da AESDA providenciaram treinos de técnicas de progressão vertical a outros elementos da equipa de investigação, assim como a técnicos ligados ao Parque e equipa da NG. As pesquisas e acções espeleológicas foram conduzidas por Frederico Tátá Regala (AESDA, ICArEHB), Luís Meira (AESDA) e Maria José Pinto (AESDA).

(com galeria fotográfica)

Noticias

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.