1º Forum das Associações de Torres Vedras

1º Forum das Associações de Torres Vedras

Noticias

Realizar-se-á de 16 a 18 de Setembro o 1º Forum das Associações. O certame decorrerá no pavilhão multiusos da Expotorres, em Torres Vedras.

A AESDA participará no no dia 17 com demonstração de progressão vertical em grutas e a 18 com visita às grutas da Maceira.

Actividade Fórum

Nome da Actividade: Espeleologia, Ciência Subterrânea

Dia/horas: 17-09 entre as 16h e as 19h

Actividade Paralela, Gruta da Maceira

Nome da Actividade: Iniciação à Espeleologia

Local: Gruta da Maceira

Horário: Das 9h às 13h dia 18-09

Info/inscrições: info@aesda.pt

Apareçam…

Assembleia Geral

Assembleia Geral

Noticias

Convocam-se todos os associados da AESDA Associação de Estudos Subterrâneos e Defesa do Ambiente para a Assembleia Geral ordinária na sexta-feira, dia 16 de setembro, pelas 21:30 horas, que irá decorrer na sede própria, Av.Tenente Valadim nº17,1º Torres Vedras.

Ordem de Trabalhos

  1. Apresentação do Relatório do Concelho Fiscal do ano de 2016,
  2. Apresentação do Relatório de Contas de 2016,
  3. Apresentação do Relatório de Actividades de 2016,
  4. Apresentação e discussão do Plano de Actividades para 2016,
  5. Eleição de corpos gerentes,
  6. Discussão de outros assuntos relevantes.
AESDA no EuroSpeleo 2016

AESDA no EuroSpeleo 2016

Noticias

A AESDA participou recentemente no Congresso Europeu de Espeleologia que se realizou em Yorkshire. O calibrador para Disto X / X2 foi o motivo da nossa participação. Foi apresentada uma comunicação sobre o objecto, de autoria de Tátá Regala,  que facilita a calibração do medidor de distâncias a laser Disto X, da Leica.

Tri-Calib-2015-inglês_webCalibrator - EuroSpeleo2016 adapted

Bocas de Rio Maior – Novas Galerias Descobertas

Bocas de Rio Maior – Novas Galerias Descobertas

Noticias

No seguimento da recente redescoberta das Bocas de Rio Maior, recentes explorações revelam mais de 150 metros de novas e inéditas galerias. Esta nascente cársica da Serra dos Candeeiros, inserida no Parque Natural das Serras d´Aire e Candeeiros abre assim novos caminhos para a rede subterrânea inexplorada de Portugal. Os trabalhos tiveram a cargo da colaboração entre as Associações AESDA e XploraSub.

bocas_rm-012016.08.24 topo